Month: November 2012

Alta disponibilidade com Failover DHCP Windows Server 2012

 

 

Nas versões anteriores do Windows Server, os administradores de redes enfrentavam um grande desafio quando era necessário garantir a alta disponibilidade do Servidor DHCP.

Existiam duas opções para garantir essa alta disponibilidade, a primeira utilizando a regra 80/20, onde 80% dos endereços IPs ficavam em um Servidor DHCP e ou outros 20% em outro Servidor DHCP. Enfrentávamos alguns problemas com esse cenário, por exemplo, para muitas organizações se o Servidor DHCP que ficava com o escopo 80% dos endereços IPs sofresse alguma parada, os 20% dos endereços IPs disponíveis no segundo Servidor DHCP não atenderia a demanda, pois poderia ser um numero insuficiente de endereços. Nesse caso teríamos que intervir de forma manual no ambiente aumentando o range do Servidor DHCP que mantinha os 20% dos endereços.

A segunda opção era utiliza o Cluster do DHCP, nesse cenário teríamos dois Servidores com DHCP configurados em cluster, onde teríamos um Servidor DHCP no modo ativo e o outro passivo, ou seja, apenas um Servidor iria distribuir endereços para os clientes enquanto o outro Servidor ficaria em standby, sendo utilizado apenas no caso de falha do Servidor DHCP ativo. Nesse cenário o custo muitas vezes impedia a configuração do Cluster do DHCP, pois para configurar o Cluster do DHCP era necessário um armazenamento compartilhado (por exemplo uma Storage), sem dizer na complexidade de configuração do Cluster de DHCP, onde o administrador deveria dominar os conceitos de Cluster.

Com o Windows Server 2012 temos duas opções para garantir a alta disponibilidade, utilizando o balanceamento entre os Servidores DHCP e a opção de Failover (nó ativo e passivo). Esse artigo se concentra apenas na opção de Failover, posteriormente irei escrever um artigo sobre a opção de balanceamento.

Diferentemente do que temos com as versões anteriores do serviço de DHCP, a opção de Failover do DHCP no Windows 2012 não depende mais de um armazenamento compartilhado, ele não utiliza mais o recurso de Cluster do Windows, ele utiliza a própria solução de HA do DHCP.

Com o Failover DHCP do Windows 2012, configuramos o Servidor DHCP que atuará como ativo, ou seja, concedendo os endereços IPs para os clientes e o outro Servidor será definido como standby (passivo). O Servidor standby só será utilizado no caso de falha do Servidor ativo, quando configuramos o Failover do DHCP temos que definir qual será a porcentagem utilizada pelo Servidor DHCP passivo no caso de parada do nó ativo. Devemos planejar bem essa porcentagem, pois o Servidor DHCP definido como standby só irá atribuir endereços IPs definidos por essa porcentagem. Outra coisa interessante é que quando o Servidor DHCP ativo atribui um endereço IP para o cliente, esse leasing é replicado para o Servidor DHCP standby.

Esse artigo já leva em consideração que o serviço de DHCP já esteja instalado e configurado nas duas máquinas.

Configurei um Servidor com o serviço de DHCP, criei um escopo chamado “Corporativo”, conforme imagem abaixo:

 

clip_image002

 

 

No segundo Servidor com DHCP, não temos nenhum escopo definido:

 

clip_image004

 

 

Para configurarmos o Failover no DHCP, basta selecionarmos o escopo, clicar com o botão direito e selecionar “Configure Failover”:

 

clip_image006

 

 

Na primeira janela do assistente devemos selecionar o escopo que iremos configurar o Failover, no meu caso só tenho um escopo, mais se tivesse mais do que um, era só selecionar.

Na próxima janela o assistente irá perguntar qual será o Servidor parceiro, no nosso caso o Servidor que será standby (nó passivo), só clicar em “add” e escolher o Servidor parceiro:

 

clip_image008

 

 

OBS: O Servidor com DHCP tem que estar autorizado no AD!

Só clicar em OK e depois Next.

Na próxima janela devemos definir as opções de Failover, onde temos o Load Balance (que irei detalhar em um próximo artigo) e a opção de Hot Standby (ativo e passivo). No nosso caso vamos selecionar Hot Standby. Devemos definir também se o nosso Servidor parceiro será o Servidor DHCP ativo ou o standby (passivo), assim como definir a porcentagem de endereços que será disponibilizado para o Servidor DHCP standby utilizarem no caso de falha do Servidor DHCP ativo. Temos também a opção de habilitar a opção de uma senha para autenticação dos Servidores DHCP.

 

clip_image010

 

 

A próxima janela do assistente traz um resumo, clique em finish.

Agora precisamos validar se as alterações foram refletidas no Servidor DHCP que foi definido como Standby, para isso devemos abrir a console administrativa do DHCP no outro Servidor.

 

clip_image012

 

 

Conforme imagem acima, o escopo “corporativo” foi replicado para o Servidor DHCP passivo.

Se clicarmos com o botão direito em cima do escopo e selecionarmos propriedades e Failover, veremos as opções de Failover que configuramos.

 

clip_image014

 

 

Agora vamos fazer o teste com a estação de trabalho, conforme imagem abaixo a estação de trabalho pegou o endereço IP “10.0.0.100” do Servidor DHCP “10.0.0.1” (Servidor DHCP ativo).

 

clip_image016

 

 

As duas imagens abaixo mostra a concessão tanto no Servidor DHCP ativo quanto no standby (passivo).

 

clip_image018

clip_image020

 

 

Agora iremos simular uma queda do Servidor DHCP ativo, para isso irei para o serviço de DHCP Server.

 

clip_image022

 

 

Agora vamos para o Servidor DHCP standby (passivo), clicar com o botão direito no escopo e selecionar propriedade, e a opção Failover. Podemos observar que em “State of this Server” está como “Lost contact with partner”.

 

clip_image024

 

 

Nessa etapa o Servidor DHCP ativo está fora, então o Servidor DHCP standby deverá fornecer os endereços IPs para os clientes.

Agora vamos fazer um novo teste na estação de trabalho, vamos rodar o comando ipconfig /release e depois ipconfig /renew para forçar a estação a pegar um novo endereço IP.

Podemos notar na imagem abaixo que a estação de trabalho pegou o endereço IP “10.0.0.196” e o Servidor DHCP que atribui o endereço foi o “10.0.0.2” (Servidor DHCP Standby).

 

clip_image026

 

 

Nesse artigo vimos a nova funcionalidade de alta disponibilidade do serviço de DHCP no Windows Server 2012, a nova funcionalidade irá ajudar os administradores de rede a configurar de forma fácil e rápida a alta disponibilidade do DHCP no Windows Server 2012.

Abs

Diogo Molina de Sá

Share

Post to Twitter