Windows 7

Adicionar um atalho à Snipping Tool – Windows 7

 

          Nunca gostei da ferramente Snipping Tool, presente no Windows Vista e Windows 7. Principalmente pela dificuldade perante outras ferramentas de inicializa-la e pela falta de recurso para salvar em arquivo automaticamente as imagens capturadas. Mas notei, sem intenção direta que a primeira questão é facilmente resolvida através de um recurso nativo das propriedades de qualquer atalho do Windows. Basta clicar no campo Shortcut key: e atribuir o atalho desejado. Só falta a gravação serializada das capturas!

 

image

 

Winking smile

Share

Post to Twitter

Configurando mais de um endereço de IP a uma conexão de rede.

Introdução

Pode surgir a necessidade de se ter mais de um endereço de IP configurado em uma única conexão de rede. Um dos motivos para se ter vários endereços de IP em uma única placa de rede é no caso de um firewall, você possui um range de IP validos e precisa configurar todos eles em uma única conexão de rede.

 

Objetivo

O objetivo deste tutorial é mostrar como se configura vários endereços de IP em uma única conexão de rede.

 

Como fazer

O primeiro passo é acessar as propriedades da conexão de rede e nessa tela você deve selecionar a opção “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Propriedades”.

image

Você só terá a opção de atribuir mais de um endereço de IP a uma conexão de rede caso essa conexão esteja configurada com IP fixo. Na tela das propriedade do “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Avançado…”

image

Nas configurações avançadas você tem na seção “Endereços IP” nessa seção você tem o botão “Adicionar…” clique nele para adicionar um novo endereço de IP.

image

Na tela “Endereço TCP/IP” você deve informar o endereço IP e Máscara de sub-rede a ser adicionado. Após fornecer as informações clique em “Adicionar”.

image

Você já poderá ver o novo endereço de IP adicionado a essa conexão de rede.

image

Nas configurações avançadas de TCP/IP você pode adicionar também Gateways e servidores DNS para a conexão de rede.

Share

Post to Twitter

Removendo BitLocker de dispositivos removíveis

Introdução

O BitLocker To Go é uma ótima solução de segurança para os dados gravados em dispositivos removíveis como pen-drives, cartões de memórias e HD externos introduzida no Windows 7 Enterprise e Ultimate, porem por algum motivo você pode resolver desabilitar a proteção do BitLocker de seu dispositivo removível.

 

Objetivo

O objetivo deste post é mostrar como se desativa o BitLocker To Go de um dispositivo removível, no Windows 7 Enterprise ou Ultimate.

 

Como fazer

Primeiro passo é entrar no “Painel de Controle”, em seguida clique em “Sistema e segurança”.

clip_image002

O próximo passo é clicar em “Criptografia Unidade de Disco BitLocker”.

clip_image004

Agora você terá as opções de gerenciamento e de desativação do BitLocker da unidade em questão. Clique em “Desativar BitLocker”.

clip_image006

Será exibida uma tela para confirmação da descriptografia da unidade. Clique em “Descriptografar Unidade”.

clip_image007

Aguarde o processo e a unidade será descriptografada.

clip_image008

No fim do processo será exibida uma tela informando o sucesso da operação.

Share

Post to Twitter

Utilizando unidades removíveis protegidas com BilLocker em Windows XP

Introdução

O BitLocker To Go é uma excelente solução de segurança para disco removíveis, como pen-drives, cartões de memórias e HD externos, pois ele criptografa todos os dados da unidade removível e protege o acesso a elas.

 

Objetivo

O objetivo deste artigo é mostrar como se utiliza um disco removível protegido pelo BitLocker To Go ativo, no Windows XP.

 

Como fazer

Quando um disco removível protegido pelo BitLocker é conectado em um computador com Windows XP é exibido uma tela solicitando a senha para desbloqueio da unidade, como mostra a imagem abaixo.

clip_image001

Após desbloqueio da unidade será exibido uma tela com os arquivos gravados na unidade.

clip_image003

Quando utilizamos uma unidade removível protegida por BitLocker To Go em um computador com Windows Vista ou Windows 7, podemos copiar, recortar, mover ou gravar arquivos normalmente, após o desbloqueio da unidade, assim como utilizamos os discos removíveis sem proteção. O processo de criptografia e descriptografia são feito de forma automática e transparente ao usuário. Quando utilizamos o uma unidade protegida no Windows XP nós temos permissão apenas de leitura, dessa forma não é possível gravar dados na unidade.

Quando se clica com o botão direito do mouse sobre uma pasta ou sobre um arquivo é exibido às opções Copiar, Enviar para a pasta…, Enviar para a Área de trabalho, após escolher uma das opções você pode utilizar o arquivo que foi copiado para o computador.

clip_image005

Sempre que possível ative o BitLocker em suas unidades removíveis e mantenha seus dados protegidos.

Share

Post to Twitter

Utilizando unidades removíveis protegidas com BitLocker em computadores com Windows Vista e Windows 7

Introdução

O BitLocker To Go é uma excelente solução de segurança para disco removíveis, como pen-drives, cartões de memórias e HD externos, pois ele criptografa todos os dados da unidade removível e protege o acesso a elas.

 

Objetivo

O objetivo de artigo é mostrar como se utiliza um disco removível protegido com o BitLocker To Go em um computador com Windows Vista ou Windows 7.

 

Como fazer

Quando um disco protegido com o BitLocker To Go é conectado a um computador com Windows Vista ou Windows 7 é exibido uma tela solicitando a senha de desbloqueio da unidade, como mostra a imagem abaixo. Nessa tela é dada a opção de “Desbloquear automaticamente neste computador de agora em diante”, marcando essa opção a senha de desbloqueio será salvo no computador e na próxima vez que o dispositivo for conectado o desbloqueio acontecera automaticamente e de forma transparente ao usuário. Após preencher com a senha de desbloqueio, clique no botão “Desbloquear” e você poderá utilizar disco removível normalmente, o processo de criptografia e descriptografia dos dados ocorrerão de forma automática e transparente.

clip_image001

Observe que após o desbloqueio da unidade, ela será exibida no meu computador com o ícone de um cadeado aberto, como mostra a imagem abaixo.

clip_image003

Após desbloqueio da unidade você poderá também acessar as opções de gerenciamento do BitLocker To Go, para isso clique com o botão direito do mouse sobre a unidade removível no “Meu Computador” e clique em “Gerenciar o BotLocker…”.

clip_image001[4]

Na tela de Gerenciamento do BitLocker…, você terá acesso a alteração de senha, remoção de senha, adicionar um cartão inteligente para desbloqueio da unidade, salvar ou imprimir a chave de recuperação novamente e desbloquear automaticamente a unidade nesse computador, selecionando a ultima opção a senha de desbloqueio da unidade ficara gravada no computador, tornando o desbloqueio automática nas próximas vezes que o dispositivo for utilizado.

clip_image003

Utilize esse novo recurso do Windows 7 o BitLocker To Go e mantenha seus dados protegidos.

Share

Post to Twitter

Configurando mais de um endereço de IP a uma conexão de rede.

Introdução

Pode surgir a necessidade de se ter mais de um endereço de IP configurado em uma única conexão de rede. Um dos motivos para se ter vários endereços de IP em uma única placa de rede é no caso de um firewall, você possui um range de IP validos e precisa configurar todos eles em uma única conexão de rede.

 

Objetivo

O objetivo deste tutorial é mostrar como se configura vários endereços de IP em uma única conexão de rede.

 

Como fazer

O primeiro passo é acessar as propriedades da conexão de rede e nessa tela você deve selecionar a opção “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Propriedades”.

image

Você só terá a opção de atribuir mais de um endereço de IP a uma conexão de rede caso essa conexão esteja configurada com IP fixo. Na tela das propriedade do “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Avançado…”

image

Nas configurações avançadas você tem na seção “Endereços IP” nessa seção você tem o botão “Adicionar…” clique nele para adicionar um novo endereço de IP.

image

Na tela “Endereço TCP/IP” você deve informar o endereço IP e Máscara de sub-rede a ser adicionado. Após fornecer as informações clique em “Adicionar”.

image

Você já poderá ver o novo endereço de IP adicionado a essa conexão de rede.

image

Nas configurações avançadas de TCP/IP você pode adicionar também Gateways e servidores DNS para a conexão de rede.

Share

Post to Twitter

Usando o Microsoft Assessment and Planning (MAP) Toolkit 4.0 para ambientes com Windows 7 e Windows Server 2008 R2

Quem nunca enfrentou o problema de planejamento do ambiente de infra-estrutura, tanto relacionado a hardware como relacionado a aplicativos, por exemplo, que hardware devo usar para meu S.O ou elaborar recomendações para consolidação de servidores usando o Hyper-V.

A Microsoft disponibiliza uma ferramenta gratuita para nos ajudar com esses problemas encontrados no dia a dia, se trata da ferramenta Microsoft Assessment and Planning (MAP).

A nova versão da ferramenta MAP 4.0 inclui novas funcionalidades para preparação de ambientes com Windows 7 e Windows Server 2008 R2. Um mecanismo aprimorado de coletas de métricas e novas definições que ajudam a personalizar sua iniciativa planejamento de virtualização de servidores.

A fim de auxiliar no planejamento da migração de computadores existentes baseados no Windows para o Windows 7, o MAP fornece um cenário de preparação para ajudar a avaliar quais computadores têm capacidade para executar o Windows 7. Depois de concluir a verificação do ambiente, o MAP examina os computadores que executam versões anteriores do Windows, como o Windows XP e o Windows Vista, e compara os atributos de velocidade da CPU, memória e espaço em disco disponível com os requisitos do sistema mínimos e recomendados. Quando um computador não atende a um requisito específico, como o de memória instalada, o MAP fornece uma recomendação específica, que indica a ação necessária para que o computador atinja o nível recomendado.
Ao concluir a avaliação, os resultados aparecem no console do MAP. Para o Windows 7, o MAP exibe os quatro tipos de resultados a seguir em seções separadas:

  • Inventory Summary
  • Before Hardware Upgrades
  • After Hardware Upgrades
  • Device Compatibility Summary

A seção Inventory Summary indica o êxito do inventário do MAP. São mostradas as contagens de computadores que executam sistemas operacionais cliente ou servidor, além das contagens daqueles que não tiveram dados suficientes coletados para a determinação.

A seção Before Hardware Upgrades exibe os resultados de preparação para o Windows 7 do ambiente, conforme inventariado. Os computadores considerados prontos para o Windows 7 são aqueles que atendem ou excedem os requisitos mínimos de hardware de CPU, memória e espaço em disco disponível. Os computadores identificados como não prontos para o Windows 7 não atendem aos requisitos mínimos do sistema, mas podem alcançar os níveis mínimos aumentando a memória instalada ou o espaço em disco disponível. Normalmente, a CPU de um computador identificado como “Cannot Run Windows 7″ não possui capacidade para executar o sistema operacional. “Insufficient Data” indica que um computador não foi encontrado ou não pôde ser inventariado. A planilha de Avaliação do Cliente no relatório detalhado de avaliação do Windows 7 fornece informações de preparação de cada computador, inclusive se o computador foi inventariado com êxito, informações básicas de hardware, o nível de preparação atual para o Windows 7 (mínimo, recomendado), informações detalhadas de atualização de hardware, caso seja necessária uma atualização, e todos os problemas de compatibilidade de dispositivos identificados para o computador.

A seção After Hardware Upgrades exibe a preparação do seu ambiente para o Windows 7, se todas as atualizações de hardware recomendadas fornecidas no relatório detalhado de avaliação foram implementadas.

O resumo de compatibilidade de dispositivos mostra os resultados da análise de dispositivos de hardware. Cada dispositivo descoberto, como uma impressora ou um disco rígido externo, é analisado para determinar se um driver do dispositivo é fornecido no DVD do Windows 7, se está disponível por meio do Microsoft Update, se está disponível no site do fabricante do dispositivo ou se exige que você entre em contato com o fabricante do dispositivo a fim de definir a compatibilidade. Os números deste resumo permitem estimar os problemas de compatibilidade que podem aparecer nas suas iniciativas de migração.
As informações de compatibilidade de drivers de dispositivos usadas pelo MAP são atualizadas com freqüência. Use o recurso Verificar Atualizações disponível na guia Material de Referência periodicamente para assegurar que sua avaliação esteja usando as informações mais atuais.

Vale à pena a utilização dessa ferramenta para verificar se seu atual park de maquinas está de acordo para fazer a migração para Windows 7 ou Windows Server 2008 R2.

Share

Post to Twitter