Author: Matheus Bertuco

Como configurar conta do Hotmail no Microsoft Outlook 2013

Introdução

É possível configurar uma conta de e-mail do Hotmail no Outlook 2013.

Objetivo

O objetivo deste artigo é mostrar como configurar uma conta de e-mail do Hotmail no Outlook 2013.

Como fazer

Ao abrirmos o Microsoft Outlook 2013 pela primeira vez será exibida a tela de boas vindas ao Microsoft Office 15, como mostrado na figura abaixo, nesta tela clique em “Next”.

img01

A próxima tela diz respeito a instalação de uma conta de e-mail. O Outlook te pergunta se você deseja configurar uma conta de e-mail. Por padrão a opção “Yes” vem marcada, sendo assim, clique em “Next”.

img02

Atenção: Caso não seja a primeira vez que você esteja abrindo o Outlook 2013, clique em “FILE”, em seguida no botão “Account Settings”, na janela que se abrira, “Account Settings”, clique no botão “New” e siga o passo a passo a seguir para adicionar sua conta do Hotmail ao Outlook 2013.

Na tela “Add Account”, marque a opção “Manual setup or additional server topes” que se encontra na parte inferior da tela e clique em “Next”.

img06

Na próxima tela você deve selecionar o tipo de conta. Para configurar uma conta do Hotmail, selecione a opção “Exchange ActiveSync” e clique em “Next”.

img07

O próximo passo é preencher as informações da conta, preencha seu nome, endereço de e-mail, atente-se a informação do servidor, você deve utilizar m.Hotmail.com, nesse exemplo estou configurando uma conta @msn.com, porem o servidor deve ser m.Hotmail.com. Preencha sua senha e clique em “Next”.

img08

Aguarde enquanto sua conta é configura e testada.

img09

E pronto sua conta esta configurada. Clique em “Finish” e comece a utilizar seu e-mail do Hotmail no Outlook 2013.

img10

Share

Post to Twitter

Resolvendo problema de perfil temporário no Windows 7

Introdução

As vezes temos a necessidade de recriar o perfil de algum usuário no Windows 7. Porem quando excluímos o perfil antigo e nos conectamos novamente com o usuário na estação de trabalho um novo perfil não é criado. Sempre que esse usuário se conecta ele carrega um perfil temporário.

Objetivo

O objetivo deste artigo é mostrar como se corrige o problema de perfil temporário no Windows 7.

Como fazer

Para corrigir esse problema basta apagar uma chave no registro do Windows.

O caminho da chave é: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList

Atenção você deve apagar apenas a chave correspondente ao usuário.

O primeiro passo é abrir o “Editor de registro”, para isso digite “regedit” no “Executar” do Windows e clique em OK.

clip_image002

Será exibido o “Editor de registro”.

clip_image004

Navegue ate: HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList

clip_image006

Observe que há varias chaves dentro de ProfileList cada uma delas corresponde ao perfil de um usuários deste computador. Devemos apagar apenas a chave do usuário que esta apresentando o problema com o perfil temporário. Para saber a qual usuário aquela chave pertence basta clicar na chave e verificar o valor preenchido em “ProfileImagePath”. Nesse exemplo eu vou apagar a chave referente ao meu usuário no caso mbertuco.

clip_image008

Agora que encontrei a chave referente ao meu usuário, basta clicar com o botão direito do mouse sobre a chave do meu perfil e clicar em “Excluir”.

clip_image010

Será exibida uma mensagem de confirmação, se realmente desejamos excluir e chave e todas suas subchaves, clicando em sim a chave será excluída e um novo perfil será criando quando o usuário em questão se conectar novamente a este computador.

clip_image012

Share

Post to Twitter

Resolvendo problema de erro de script na console do Microsoft Forefront TMG 2010

Introdução

Pode acontecer de o Microsoft Forefront TMG 2010 começar a apresentar erro de script após a atualização do Internet Explorer para versão 9.

Objetivo

Esse artigo tem como objetivo mostrar como resolver o problema de erro de script apresentado na console do Microsoft Forefront TMG 2010, após atualização para versão 9 do Internet Explorer.

Como fazer

A seguinte mensagem de erro de script apresentado na console do Microsoft Forefront TMG 2010, após atualização para versão 9 do Internet Explorer.

clip_image002

Para resolver acesso o “Control Panel” e clique em “Programs”

clip_image003

Em seguida clique em “View installed updates”

clip_image005

Agora basta encontrar o “Windows Internet Explorer 9” e clicar em “Uninstall”

clip_image007

Em seguida basta clicar em “Yes” reiniciar o servidor quando solicitado e a console do Microsoft Forefront TMG 2010 voltará a funcionar.

clip_image008

Share

Post to Twitter

Preparando o AD para instalação do Microsoft Exchange Server 2010

Introdução

Antes de executar a instalação do Microsoft Exchange Server 2010 é necessário preparar o domínio para que ele possa receber a instalação.

 

Objetivo

O objetivo desse artigo é mostrar como preparar o domínio para receber uma instalação do Microsoft Exchange Server 2010.

 

Como fazer

O primeiro passo é abrir o “Command Prompt” e localizar a pasta onde esta os arquivos de instalação do Exchange. Nesse exemplo o caminho é: C:\Exchange, se a instalação for realizada de um cd o caminho provavelmente será D:\.

image

Para preparar o AD para receber a instalação do Exchange execute o comando setup.com /PrepareAD /OrganizationName: “Contoso”.

image

Para preparar o domínio para instalação execute o comando setup.com /PrepareDomain. Esse comando irá preparar o domínio vigente. Pode ser executado o comando setup.com /PrepareAllDomains para preparar todos os domínios da floresta para receber a instalação do Exchange, pode ser executado também o comando setup.com /PrepareDomain domainname para preparar um único domínio especifico da floresta.

image

Para preparar o Schema do AD execute o comando setup.com /PrepareSchema.

image

Agora o AD está pronto para receber a instalação do Microsoft Exchange Server 2010.

Share

Post to Twitter

Preparando uma instalação do Microsoft Exchange Server 2010

Introdução

Antes de realizar a instalação do Microsoft Exchange Server 2010 precisamos preparar o ambiente.

 

Objetivo

O objetivo desse artigo é mostrar como preparar o ambiente baseado em Windows Server 2008 R2 para receber a instalação do Microsoft Exchange Server 2010.

 

Como fazer

O primeiro passo é adicionar os recursos necessários para instalação do Microsoft Exchange Server 2010. Para isso vamos no “Server Manager” e em “Features” e clicamos em “Add Features”.

image

Na tela “Add Features Wizard”, expanda “Remote Server Administration Tools”, expanda “Role Administration Tools”, expanda, “AD DS and AD LDS Tools”, expanda “ AD DS Tools” e selecione a opção “AD DS Snap-Ins and Command-Line Toiols”. Expanda tambem “.NET Framework 3.5.1 Features” e selecione “.NET Framework 3.5.1”. Expanda “WCF Activation” e selecione “HTTP Activation”, clique no bot]ao “Add Required Role Services”. Marque a opção “RPC over HTTP Proxy” e clique no botão “Add Required Role Services”. Após selecionar todas as opções aqui listadas, clique em “Next”.

image

Na próxima tela “Introduction to Web Server (IIS)” clique em “Next”.

image

Na tela “Select Roles Services” na seção “Security” selecione a opção “Digest Authentication”, na secção “Performance”, marque a opção “Dynamic Content Compression”, em “IIS 6 Management Compatibility”, selecione a opção “IIS 6 Management Console” e clique em “Next”.

image

Certifique-se de que todos os itens foram selecionados corretamente e clique em “Install”.

image

Após a conclusão da instalação clique em “Close”.

image

Share

Post to Twitter

Lista de PBX e Gateway IP compatíveis com Exchange Server

Introdução

A Unificação de Mensagens combina mensagem de voz e e-mail em uma Caixa de Entrada, que pode ser acessada a partir do telefone e do computador. A Unificação de Mensagens integra o Exchange Server à rede de telefonia em sua organização e coloca os recursos encontrados na Unificação de Mensagens no núcleo da linha de produtos Exchange Server.

Existe uma lista de PBX e Gateway IP que são compatíveis com o Exchange Server, para que você possa implementar a Unificação de Mensagens com sucesso.

 

Objetivo

O objetivo deste artigo é fornecer a lista de PBX e Gateway IP que são compatíveis com o Exchange Server.

 

Como fazer

Antes de implementar a Unificação de Mensagens é necessário verificar se seu PBX e Gateway IP é compatível com o Exchange Server.

Segue o link com a lista dos PBX e Gateway IP compatíveis com o Exchange Server 2010:

http://technet.microsoft.com/pt-br/library/ee364753.aspx

Segue o link com a lista dos PBX e Gateway IP compatíveis com o Exchange Server 2007:

http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc164342(EXCHG.80).aspx

Share

Post to Twitter

Limites do Active Directory

Número máximo de objetos

Cada controlador de domínio em uma floresta AD pode criar um pouco menos de 2,15 bilhões de objetos durante sua vida.
Cada controlador de domínio AD tem um identificador único que é específico a esse controlador de domínio particular. Esses identificadores, que são chamados "Tags Distinguished Name (DNTS), não são replicados ou visível a outros DC. O intervalo de valores para DNTS é de 0 a 2147483393 (2 31 menos 255). Para cada objeto criado no DC, um único valor é usado. A DNT não é reutilizado quando um objeto é comparado, de modo que DC têm a limitação de criação de aprox. 2000 milhões de objetos (incluindo objetos que foram criados através de replicação). Este limite aplica-se à soma de todos os objetos de todas as partições (Domain NC, esquema de configuração, e qualquer outra partição de diretório de aplicativos.
Quando você chegar ao limite de DNT ao nível do banco de dados, ocorre o seguinte erro:
"Erro: Add: Erro de Operações. <1> Erro de servidor: 000020EF: SvcErr: DSID-0208044C,
problema 5012 (DIR_ERROR), os dados -1076 ".

Número máximo de identificadores de segurança

Há um limite de aprox. 1000000000 identificadores de segurança (SIDs) para a vida de um
domínio. Este limite é devido ao tamanho do conjunto de identificação relativa Global (RID) de 30 bits para criar cada SID (esta é atribuída a contas de usuários, computadores e grupos) em um único domínio. O limite atual é de 2 30 ou 1073741824 RIDs.

Participações no grupo de entidades de segurança

Os objetos de segurança (contas de usuário, grupos e computadores) podem ser membros de no máximo 1015 grupos. Esta limitação é devido ao limite de tamanho para o token de acesso que é criado para cada entidade de segurança.

Limitações comprimento – FQDN

O nome de domínio totalmente qualificado (nomes de domínio totalmente qualificado – FQDNs)
no AD não pode exceder 64 caracteres de comprimento, incluindo traços (-) e ponto (.). Por
exemplo, o nome do host que se segue é 65 caracteres, portanto, não válido em AD:
server10.branch-15.southaz.westernregion.northamerica.contoso.com

Limitações comprimento – Unidades Organizacionais

O comprimento máximo do nome para uma unidade organizacional (OU) é de 64 caracteres. Essa limitação impede que um nome de OU passe o limite de 260 caracteres no sistema de arquivos na construção de rotas UNC (Universal Naming Convention) para a Diretiva de Grupo.

Número máximo de aplicação do GPO

Limite de GPO que se aplicam a uma conta de usuário ou computador é de 999. Isso não significa que o número total de GPO no sistema é de 999, isso significa que uma única conta de usuário ou computador não consegue processar mais de 999 GPO. Este limite existe por razões de desempenho.

Número máximo de contas de operações LDAP

Quando você escreve scripts ou aplicações que executam transações LDAP, é aconselhável não mais de 5.000 operações por transação LDAP (como adicionar, modificar e apagar). Se mais de 5.000 operações em uma única transação LDAP, está em risco de ficar sem recursos e da ocorrência de um timeout, se isso acontecer, haverá um retrocesso de toda a operação
(alterações, acréscimos e modificações) de que a transação.

Número máximo recomendado de domínios em uma floresta
Para o Windows Server 2000, o valor recomendado é de 800 domínios.
Para o Windows Server 2003, o valor recomendado quando o nível funcional do Windows Server 2003 é 1200 domínios.

Número máximo de controladores de domínio em um domínio

Devido o FRS (File Replication Service) ser usado para replicar SYSVOL em um domínio Windows Server 2003, é recomendado um limite de 1200 controladores de domínio por domínio para garantir a recuperação constante do SYSVOL.

Mais informações:
Máxima do Active Directory Limites

 

Artigo Original:
http://geeks.ms/blogs/eliasmereb/archive/2008/05/11/limites-m-225-ximos-de-active-directory.aspx

Share

Post to Twitter

Novidades do Microsoft Exchange Server 2010 Service Pack 2

O Time de Exchange tem o prazer de anunciar que na segunda metade do ano de 2011, vamos lançar o Exchange Server 2010 Service Pack 2 (SP2) para nossos clientes. Com o SP2, os seguintes novos recursos e capacidades serão incluídos:

• Outlook Web App (OWA) Mini: A versão browse-only do OWA projetado para baixa largura de banda e dispositivos de resolução. Com base na infra-estrutura atual do Exchange 2010 SP1 OWA, esse recurso fornece uma interface de texto simples para que o usuário possa navegar em sua caixa postal e ter acesso à lista de endereços global a partir de uma diversidade de dispositivos móveis.

• Cross-Site de redirecionamento silencioso para o Outlook Web App: Com o Service Pack 2, você terá a capacidade de habilitar o redirecionamento de silêncio quando CAS tiver a necessidade de redirecionar uma solicitação OWA para CAS localizado em outro site do Active Directory, em outra infra-estrutura. O redirecionamento de silêncio também pode fornecer uma experiência de sign-on única quando autenticação baseada em formulários for usada.

• Assistente de Configuração Hybrid: As organizações podem optar por implantar um cenário híbrido onde algumas caixas de correio estão no local e alguns estão em Exchange Online com Microsoft Office 365. Implementações híbridas podem ser necessários para as migrações que ocorrem ao longo de semanas, meses ou prazos por tempo indeterminado. Este assistente ajuda a simplificar a configuração de recursos de compartilhamento do Exchange, como: compartilhamento calendário (livre / ocupado), fluxo de mensagens segura, mover caixa de correio, bem como archive online.

• Políticas Address Book: Permite que as organizações segmente de seus catálogos de endereço em pequenos subgrupos com escopo de usuários fornecendo ao usuário uma experiência mais refinada do que a abordagem anterior manual de configuração.

• Correções solicitado pelo cliente: Todas as correções contidos nos rollups de atualização lançada antes do Service Pack 2 também será contido dentro SP2. A fim de apoiar esses recursos recentemente adicionados, haverá uma exigência para que os clientes atualizem seus esquema do Active Directory. Nós ouvimos o feedback de nossos clientes em várias ocasiões sobre os atrasos que podem ser causados ​​à implantação, como resultado da necessidade de atualizar o seu esquema e, como tal, com o lançamento do Exchange 2010 SP2 estão se comunicando as alterações necessárias antes do lançamento a fim de ajudar nossos clientes com o planejamento de seu caminho de atualização antes do tempo.

Esperamos que estes anúncios sejam encarados como boas notícias para você. É nosso costume de fornecer melhorias contínuas de características, funcionalidade e segurança do Exchange Server, baseada principalmente no feedback dos clientes, e proporcionar inovação contínua em um produto de mensagens já grande. Estamos ansiosos para receber seus comentários e anunciando informações mais detalhadas, enquanto continuamos a desenvolver as características que serão incluídas no SP2.

 

Artigo original: http://blogs.technet.com/b/exchange/archive/2011/05/17/announcing-exchange-2010-service-pack-2.aspx

Share

Post to Twitter

Utilizando o comando GETMAC para descobrir o Mac Address de uma conexão de rede

Introdução

Pode surgir a necessidade de descobrir o Mac Address de uma conexão de rede, um exemplo disso é quando precisamos liberar um Mac Address para se conectar a uma rede wireless.

Objetivo

O objetivo deste tutorial é mostrar como descobrir o Mac Address de uma conexão de rede utilizando o comando GETMAC /S. Em outro artigo mostrei como fazer isso utilizando o comando Arp –a, porem a utilização do comando GETMAC /S é mais simples.

 

Como fazer

No prompt de comando digite: GETMAC /S XXX.XXX.XXX.XXX onde XXX.XXX.XXX.XXX é o endereço de IP da conexão que você deseja descobrir o Mac Address. Após digitar o comando e pressionar enter lhe será retornado o Mac Address.

Share

Post to Twitter

Configurando mais de um endereço de IP a uma conexão de rede.

Introdução

Pode surgir a necessidade de se ter mais de um endereço de IP configurado em uma única conexão de rede. Um dos motivos para se ter vários endereços de IP em uma única placa de rede é no caso de um firewall, você possui um range de IP validos e precisa configurar todos eles em uma única conexão de rede.

 

Objetivo

O objetivo deste tutorial é mostrar como se configura vários endereços de IP em uma única conexão de rede.

 

Como fazer

O primeiro passo é acessar as propriedades da conexão de rede e nessa tela você deve selecionar a opção “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Propriedades”.

image

Você só terá a opção de atribuir mais de um endereço de IP a uma conexão de rede caso essa conexão esteja configurada com IP fixo. Na tela das propriedade do “Protocolo TCP/IP Versão 4 (TCP/IPv4)” e clicar em “Avançado…”

image

Nas configurações avançadas você tem na seção “Endereços IP” nessa seção você tem o botão “Adicionar…” clique nele para adicionar um novo endereço de IP.

image

Na tela “Endereço TCP/IP” você deve informar o endereço IP e Máscara de sub-rede a ser adicionado. Após fornecer as informações clique em “Adicionar”.

image

Você já poderá ver o novo endereço de IP adicionado a essa conexão de rede.

image

Nas configurações avançadas de TCP/IP você pode adicionar também Gateways e servidores DNS para a conexão de rede.

Share

Post to Twitter